MUNDO PET



10 razões pra você não comprar um cachorro em uma pet shop ou de um criador independente

1. Péssima saúde: devido ao fato da maioria dos cães de pet shops vir de fábricas de filhotes (e donos sem experiência alguma que resolvem cruzar seus cães em casa), esses filhotes não são o resultado de uma criação cuidadosa e normalmente eles não são bem cuidados antes de irem para a loja. Alguns dos problemas mais comuns são problemas neurológicos, problemas oculares, displasia de quadril, problemas sanguíneos e parvovirose. Um canil sério faz exames em suas matrizes e em seus padreadores para que a displasia de quadril não seja passada para a ninhada. Cães que nascem com displasia não devem cruzar. O que acontece é que os donos das fábricas de filhotes, ou mesmo aqueles donos leigos que cruzam seus cães em casa, não sabem da displasia e não sabem que o cão pode ter displasia sem apresentar os sintomas. Então eles cruzam esse cão doente e geram filhotes doentes. A displasia causa a paralisia das patas traseiras do cão. É um crime e uma irresponsabilidade cruzar cães com displasia – ou qualquer outra doença genética.

2. Problemas Comportamentais: além do cruzamento de cães com desvios comportamentais, que como já citei, é errado, há o fato de que os cães em uma pet shop são cuidados por atendentes que não sabem sobre adestramento e educação canina. Ou seja, os filhotes adquirem hábitos errados que são difíceis de serem consertados posteriormente.

3. Nenhuma socialização: os filhotes que são vendidos em pet shops ou mesmo os filhotes de criadores leigos, são desmamados muito cedo, às vezes até com 1 mês de idade. O mínimo que um filhote deve permanecer com a mãe são 60 dias e alguns criadores sérios dizem até 75 dias. Tirar um cachorro da ninhada com menos de 60 dias significa que ele não vai aprender com a mãe e com os irmãos o básico do comportamento canino. Pode ficar um cão extremamente medroso (o que reflete em timidez ou agressividade), difícil de educar e com graves problemas comportamentais. Um cachorro precisa desses 60 dias para "aprender a ser cachorro". Tirar da ninhada com menos tempo é um crime. Não faça isso e não concorde com isso.

4. Padrão da Raça: comprar um cachorro em uma pet shop e depois cruzá-lo significa estragar o padrão de uma raça, simplesmente porque os criadores anteriores não estavam preocupados com isso.

5. Falta de Informação: um funcionário de uma pet shop ou um dono leigo que resolveu cruzar seu cão não é especialista na raça e normalmente não tem conhecimento profundo sobre cães. Comprar um cachorro dessa procedência significa que você pode adquirir um cão sem saber o que esperar dele.

6. Devolução do filhote: a maioria das pet shops oferecem uma garantia de que você pode devolver o cão se o mesmo apresentar problemas. O que as lojas não te dizem é que, uma vez devolvidos, muitas vezes esses cães são eutanasiados (isso mesmo, mortos), já que geralmente são devolvidos por problemas graves comportamentais ou de saúde.

7. Educação é um desafio: filhotes de pet shops passaram suas vidas em jaulas e gaiolas. Eles não tiveram a oportunidade de desenvolver o instinto canino natural de evacuar longe de sua comida e de sua cama. Isso é um problema quando você tenta educá-los.

8. O que você vê não é o que você recebe: se você vê um filhote que parece um Maltês na vitrine, você pode perceber, quando ele crescer, que parece também um pouquinho com um Terrier. Não existe garantia de que você está levando um cão de raça pura, se isso é o que você quer. Você pagará um preço de raça pura, mas levará um cão misturado. Tem milhares de cães misturados para adoção, que você pode ter de graça e que também te fará muito feliz.

9. Valores: dependendo da loja, você pode encontrar um cão de até R$3.500,00. Isso é mais do que o que você pagaria em um canil sério, por um filhote saudável e dentro dos padrões da raça. Insisto: não caia na tentação de comprar um cão barato em classificados e sites da internet. Desconfie de um Cocker Spaniel por R$150,00. Não contribua com essa criação indiscriminada e sem consciência.

10. Pedigree questionável: principalmente em pet shops maiores, você está pagando caro por um cão com pedigree, registrado no CBKC. Mas, muitas vezes o documento não é original. E mesmo que seja original, ainda não garante que o cão seja um bom examplar da raça – você precisa de um criador renomado e de confiança pra provar isso.



"Se eu não posso comprar meu cachorro em uma pet shop, nem em classificados, nem em sites de classificados da internet e nem do meu vizinho que cruzou seus poodles, onde então eu vou comprar meu cachorro?"

Simples! Encontre um canil sério e de confiança, especializado na raça que você deseja. Ou você pode adotar um dos milhares de cães disponíveis para adoção no Brasil. Tem sempre um que combina com você e que te fará muito feliz.

CSS vlido!

CSS vlido!

Free Web Hosting